Conheça 7 dicas para adiantar sua aposentadoria

   Não conseguiu se aposentar até a reforma da previdência, em 13 de novembro de 2019 e precisa avaliar se pode adiantar a sua aposentadoria? Nós vamos te dar o passo a passo para fazer isso.

   Fazer o pedido corretamente no INSS é muito importante, ele evita que o segurado tenha que apelar depois para um recurso administrativo, ou até mesmo para a judicialização do processo.

   Para começar reúna toda a documentação relacionada ao trabalho em sua vida: carteira de trabalho antigas e atuais, carnês e guias de recolhimento de INSS, contratos de prestação de serviços; prova de trabalho como trabalhador rural em economia familiar, etc.
Com toda a papelada dos seus anos de trabalho em mão você deve:

1 - Confrontar as informações do CNIS com os seus documentos: O que estiver diferente ou não constar deve ser incluído no histórico de trabalho.
2 - Confira lacunas de recolhimento no seu CNIS: Caso você possua anos ou meses sem recolhimento, você pode comprovar trabalho com renda e aumentar o tempo de contribuição para adiantar a sua aposentadoria.
3 - Verificar tempo de trabalho em atividades nocivas à saúde ou perigosas: Uma das dicas mais preciosas para quem precisa adiantar a aposentadoria é fazer a conversão do tempo especial em comum.
4 - Contar todo o tempo de contribuição e trabalho: É hora de saber quanto tempo você tem de contribuição. Para isso, some todos os períodos do CNIS e de todos os documentos que você vai levar ao INSS para aumentar o tempo e adiantar a sua aposentadoria.
5 - Saber quando você vai se aposentar: Depois de saber ao certo seu tempo total de contribuição já reconhecido e o tempo total a ser reconhecido, é hora de conferir as regras de aposentadoria e descobrir se você possui direito adquirido a alguma aposentadoria, com as regras anteriores à reforma da previdência.
6 - Escolher a melhor regra de aposentadoria para você: Existem várias regras aposentadorias possíveis, analisando em qual momento você se aposenta em cada uma das regras, é preciso ainda saber qual o valor que cada regra vai garantir de aposentadoria para você. Tudo vai depender da sua vida contributiva, idade e contribuições.
7 - E na dúvida, não receba a aposentadoria: Se a aposentadoria veio diferente do que você acredita que tem direito, a melhor saída é não receber a aposentadoria e procurar um advogado especialista para reavaliar todos os passos percorridos.

   Quer saber tudo sobre INSS e vários outros processos contábeis? Fique atento as nossas redes sociais!