Como fica o IR de pessoas falecidas?

   A declaração do Imposto de Renda é feita referente ao ano que se passou, sendo assim, é necessário cumprir com a última obrigação fiscal da pessoa antes do seu falecimento, preenchendo e entregando a declaração do mesmo normalmente.

   Se a pessoa falecida não deixou bens a inventariar e não se encaixa em nenhum parâmetro de obrigatoriedade para tal, a pessoa física do contribuinte é automaticamente cancelada depois da sua morte, não havendo necessidade de entregar o IR dela.

   Agora, se a pessoa deixou uma herança, ou se encaixa nos parâmetros de envio da declaração, será necessário preencher e encaminhar uma última vez a declaração do Imposto de Renda.

   O preenchimento deve ser feito normalmente, como se a pessoa ainda estivesse viva, caso haja inventário, o compromisso com a Receita Federal permanece por meio do seu espólio, e a declaração deve ser entregue enquanto o processo de partilha dos bens estiver acontecendo.

   Ainda está com dúvida sobre o assunto? Contate-nos, a Fibonacci Contabilidade é especialista quando assunto é ficar em dia com o Leão!