Impostos indevidos: Quais são e quando não pagar

   Situações como a substituição e isenção tributária, e benefícios fiscais, podem prejudicar cada vez mais a atuação do pequeno empresário.

   Como saber se a empresa paga impostos indevidos:
   Às empresas adeptas ao Simples Nacional, é recomendado que analisem o extrato do estabelecimento, já que o documento mostra detalhadamente o formato de pagamento dos impostos.
   Também é importante realizar a análise dos documentos, através da verificação do NCM, cálculo do ICMS ST, CFOP utilizado e datas das vendas.
   É possível que a receita federal devolva o pagamento dos impostos indevidos aos contribuintes beneficiados pelo Simples Nacional. Os impostos que mais costumam causar problemas além de serem passíveis de restituição, são: ICMS ST, PIS, COFINS e ISS.
   A situação é importante quando a empresa conta com um serviço rápido que visa diminuir o passivo tributário, pois, também passará a reduzir a incidência de juros sobre o montante principal caso ainda haja a compensação de débito para a empresa.

   Fonte: https://www.jornalcontabil.com.br/impostos-indevidos-quais-sao-e-quando-nao-pagar/