Auxílio emergencial: Senadores querem prorrogar vigência por mais seis meses

   O pagamento do auxílio emergencial de R$ 600,00 para trabalhadores informais de baixa renda pode ser estendido por mais seis meses, ou enquanto vigorar o estado de calamidade pública.

   Os senadores Jean Paul Prates, Kátia Abreu, Jaques Wagner e Paulo Paim apresentaram Projetos de Lei que ampliam o prazo do benefício até dezembro de 2020, com base em maior estabilidade para as famílias brasileiras e para as próprias empresas, atendimento as pessoas mais vulneráveis, o cenário extremamente desafiador apresentado pelo Coronavírus, e também, para ajudar que as famílias mais afetadas pela crise, sobrevivam ao desemprego e à queda na renda diferenciado em razão da situação das famílias.

   Fonte: Agência Senado